Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017. Seja bem-vindo!
 
 
 
O aquecimento global vai
Prejudicar a agricultura ?
Não vai prejudicar a agricultura ?
Já está prejudicando a agricultura !
Armazenagem.com.br

Érico A. Weber

O Site “ARMAZENAGEM” está na Internet com a finalidade de aproximar produtores, armazenadores público e empresas particulares, Cooperativas e Governo, com os projetistas e fabricantes de silos e equipamentos de beneficiamento.
A aproximação deverá permitir melhor entendimento das questões da armazenagem segura, sem perdas e mais econômica.
Reservamos este site ARMAZENAGEM, para que se registre nele contribuicoes de parte dos envolvidos com a armazenagem no Brasil e na América Latina, usuários e fabricantes, sobretudo para apresentar as novidades no setor, quer em equipamentos, quer em sistemas de operacao, Seguranca do Trabalho (ST) e Tecnologias Limpas (TL). Nosso objetivo é o de oferecer eletronicamente e quase instantaneamente, informações tornando-nos numa corrente em que cada um de nós é um importante elo que movimenta a Pós-Colheita sem perdas, no Brasil e na América Latina.

Foi a preocupação de Paulo Otto Weber, projetando e construir já nos anos 1930 e 40, inúmeros equipamentos alguns ainda hoje em funcionamento e outros fabricados mais recentemente projetados e inspirados neles e que se encontram em plena fabricação ainda hoje. Paulo Otto, projetava e construía em Panambi / RS, os maiores engenhos de arroz comercializados no Brasil até o ano de 1956, na época, comparado aos melhores do Mundo. Incluia máquinas de limpeza, trieurs, transportadores, descascadores e brunidores de arroz, separador de marinheiros e ainda projetava e fabricava excelentes selecionadoras de sementes (UBS) compactas e completas.
O engenheiro Érico Aquino Weber está dando continuidade ao trabalho do seu pai e a partir do ano de 1969 até o presente tem procurado aprimorar conceitos, aperfeiçoar equipamentos e instalações de beneficiamento e de armazenagem valorizando aspectos para a obtenção de maior produtividade e qualidade com segurança, sem perdas. Na atualidade tem repassado seus conhecimentos através dos dois livros já publicados: "Armazenagem Agrícola"(1995) e "Excelência em beneficiamento e Armazenagem de Grãos" (2005), que pode ser adquirido através do nosso e-mail. E continua preparando novas gerações de operadores através dos Cursos que ministra, de 24 horas e em boa parte através deste Site, das inúmeras consultas que recebe e responde mensalmente sobre os mais variados aspecto da pós-colheita.

Abrimos estas páginas, também, para os usuários e fabricantes de unidades armazenadoras, construtoras civís e todos os demais que desejam auxiliar no equacionamento da grande demanda de armazenagem no Brasil. A falta de silos no nosso País fica evidente com grãos armazenados a céu aberto, mesmo em anos de quebra de safra, não existe espaço para a guarda de toda a nossa produção.

O Governo, naturalmente, pode utilizar este espaço para informar sobre o que estuda, projeta e o que faz neste sentido. Enquanto o BRASIL não dispõe de silos para a totalidade de uma única safra, a produção rural de um ano, outros países possuem armazenagem estática para duas ou mais safras e nos Estados Unidos a capacidade estática permite a guarda de quatro safras.

Especialmente por sermos um país produtor e exportador e ainda por acreditarmos que seremos o “Celeiro do Mundo”, precisamos aumentar com urgência a armazenagem no Brasil, no mínimo duplicando-a no médio prazo, processo que deve se iniciar imediatamente. Mas não apenas aumentar a capacidade estática de armazenagem, mas melhorar a qualidade da armazenagem através do uso de silos herméticos (vedados), de concreto ou metálicos.

Veja-se, ainda, que quase toda economia brasileira é dependente do resultado agrícola. Basta uma “quebra de safra” que a economia padece. As quebras de safra são causadas basicamente por motivos climáticos com falta ou excesso de chuva em momentos inadequados e sobre estes fatores não temos como interagir, a não ser com a irrigação na falta de chuva, quando possível.

Mas também por outros motivos, como o uso inadequado da tecnologia a agricultura pode ir muito mal. Além disso, mesmo por motivos sobre os quais temos condições de administrar, como nestes últimos meses de 2006, em que vemos a desvalorização do dólar, remunerando mal os produtores, além dos baixos preço pagos internamente ao produtor, inclusive abaixo do custo da produção. Estes fatores poderão gerar um retrocesso na nossa agricultura.

Elevação do custo do transporte e especialmente dos elevadíssimos juros que acumula riqueza junto aos banqueiros e gera graves prejuízos no setor produtivo, com prejuízo aos setores da agricultura nacional. Veja-se os balanços e os lucros dos bancos em 2005, inclusive os bancos oficiais do Governo como o Banco do Brasil e a Caixa E. Federal. Estas duas situações conjugadas estão quebrando boa parte dos agricultores e com eles muitas empresas nacionais envolvidas no agronegócio, que passam a demitir milhares de funcionários e outras, ainda, que tornando-se inviáveis fecham para fugir da falência.
O visitante internauta poderá enviar o seu comentário e fazer deste um jornal de utilidade e debate para o produtor, para a indústria e País.

O SITE - O nosso site deseja ser uma contribuição a atividade agrícola, do plantio à colheita e aos processos de beneficiamento, armazenagem e expedição.
Agora, neste novo lay-out, ficou mais fácil o internauta navegar e encontrar de forma muito mais rápida o que precisa. Veja pelo “mapa”, você pode ir direto ao assunto desejado, conhecer os nossos produtos e serviços, conhecer os nossos parceiros que são Empresas de alta tecnologia e confiabilidade em equipamentos e construção civil para silos e graneleiros. Também participe dando a sua opinião sobre a política de armazenagem no Brasil, os tipos de obras encontradas na armazenagem de grãos, segurança na armazenagem, segurança dos operadores, comente sobre os equipamentos ultrapassados e as modernas tecnologias. Envie sua opinião e quando possível ilustre com fotos (que publicaremos aqui) e o que mais desejar, e consulte ou anuncie na nossa página de classificados.
Navegue com proveito, é o que desejamos.
Eng. Érico Aquino Weber